8 de mai de 2008

Como fazer reportagem - escrita, parte 1

Superar as dificuldades iniciais

.Não protelar: escrever enquanto as impressões ainda estão vivas.

.Entender a razão de não conseguir escrever: não pontificar nem esconder a verdade.

Dar forma ao livro

.Incipit: começar o livro pela chegada ao lugar da pesquisa e pelas impressões obtidas nos primeiros momentos.

.Relatar a viagem: contar a viagem do início ao fim, e, durante o percurso, descrever lugares e situações, não obrigatoriamente ligadas ao tema da pesquisa, mas deixando aflorar as lembranças.

.Estrutura em capítulos: depois de narrar a viagem, tratar separadamente temas isolados, subdividindo-os em novos capítulos.

Objetividade

.Indicar as fontes: dizer de onde são extraídas as informações e precisar se o seu conhecimento é direto.

.Verificar a confiabilidade: entender como as fontes foram produzidas.

.Comparação: confrontar as fontes mais variadas, recorrendo até à própria experiência.

.Explicar as defasagens entre perguntas e repostas: as respostas mais interessantes às vezes podem ser as falsas ou aproximativas, como também a ausência de resposta.

.Citar documentos: a título de exemplo, transcrever ou reproduzir uma informação.

.Nada de panegíricos: dizer as coisas como são, citando dados de fato, para permitir a qualquer um a possibilidade de formar opinião e expressar um julgamento.

.Expressar a própria opinião: se algo não agrada, deve ser dito.

Veracidade

.Fazer retratos: descrever o aspecto de uma pessoa.

.Descrever cenas: rememorar uma situação, com personagens, ambiente e fundo.